Mostrando postagens com marcador suspense. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador suspense. Mostrar todas as postagens

18 dezembro 2019

Tão Doce Quanto Make: Sangue na Neve!

Hello Açucaradas,


E eis que dei uma boa guinada nas minhas leituras nesses últimos dias do ano rs, agora terminei um livro que comecei na viagem, comecei a ler ele em uma pausa e outra mas acabou que quando voltei acabei não terminando de ler, queria primeiro terminar o físico que lia para pegar nele e com isso foi ficando de lado, porém semana passada retomei para ele e juro não consegui mais parar de ler.
E hoje conto todos os motivos que me deixou ficionada nessa leitura.


Sinopse do Livro:


A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confirmam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D.Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples.
No entanto, ao abrir o inquérito, D. D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e — afinal — onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou em seu marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha?
D. D. Warren, a experiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética por uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.


Peguei ele emprestado na biblioteca do Amazon, estava com saudades de livros de suspense e resolvi arriscar uns autores diferentes, então achei esse livro e resolvi arriscar. E sim acertei nessa leitura, como nunca tinha ouvido falar sobre a Lisa Gardner, que autora maravilhosa, ela consegue te prender numa leitura maravilhosa, cheia de suspenses reviravoltas e ter uma sede louca para saber o final da história, a gente só consegue parar e respirar quando ler a última página, antes disso só queremos saber como o crime foi solucionado.


Estou apaixonada pela Detetive DD, que mulher incrível, achei ela bem peculiar e interessante, lendo algumas resenhas na internet falaram que ela foi meio cega e irritante nesse livro, porém eu também estava meio que tendo a mesma visão dela dos fatos, a autora sabe desenvolver bem demais a história, a gente fica intrigado envolvido com raiva da Tessa, com amor com tudo, um mix de sentimentos e sensações que ficamos aliviados com o final que me surpreendeu. Se você gosta de suspense, assassinatos, investigação, esse livro vale a leitura.

Claro que já peguei outros livros da autora emprestado pois amei demais sua escrita, seus mistérios e a Detetive DD.

Beijos Açucarados!

09 janeiro 2015

Tao Doce Quanto Make: O Guardião de Nicholas Sparks!




Hello Açucaradas, 

Primeira semana do ano e já tenho resenha de livros para vocês! Este foi o último livro que li no ano de 2014 e não via a hora de resenha-lo. Ele é diferente de tudo que li do Nicholas até hoje e vale cada segundo de atenção nossa. 
E venho contar tudinho para vocês o porque.




Quarenta dias após a morte de seu marido, Julie Barenson recebe uma encomenda deixada por ele. Dentro da caixa, encontra um filhote de cachorro dinamarquês e um bilhete no qual Jim promete que sempre cuidará dela. Quatro anos mais tarde, Julie já não pode depender apenas da companhia do fiel Singer, o filhotinho que se tornou um cachorro enorme e estabanado. Depois de tanto sofrimento, ela enfim está pronta para voltar a amar, mas seus primeiros encontros não são nada promissores. Até que surge Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como uma rainha. Julie está animada como havia muito tempo não se sentia, mas, por alguma razão, não consegue compartilhar isso com Mike Harris, seu melhor amigo. Ele, por sua vez, é incapaz de esconder o ciúme que sente dela. Quando percebe que seu desconforto diante de Mike é causado por um sentimento mais forte que amizade, Julie se vê dividida entre esses dois homens. Ela tem que tomar uma decisão. Só não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha colocará sua vida em perigo. “O guardião” contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas desta vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de muito suspense.


O livro é lindo, tem uma história emocionante e foge um pouco do que estamos acostumadas com o autor, não dá nem para piscar para não se confundir. O Nicholas se aprofunda na história de cada personagem que parece que estamos vendo em nossa frente e vivendo o que eles estão sentindo. 
A gente se envolve e torce a cada palavra do autor, a cada virada de página. Eu particularmente virei mega amiga da Julie rsrs. O romance tem muito suspense e uma pitada de medo e angustia nele, diferente de romances melosos (eu adoro srs)  o casal foge do comum das outras histórias do mesmo. Personagens marcantes e com um passado diferente complementa a leitura.
Super indico e não conto mais nada para deixa-las louca de vontade de ler!

Fiz uma promessa a mim mesma ler um livro por mês, vou tentar cumprir o máximo que eu conseguir e trazer muita resenha bacana para vocês!

Beijos Açucarados!

12 dezembro 2014

Tão doce quanto make: Treze à Mesa!





Hello Açucaradas, 

Sei que devo mais resenhas de livros para vocês, porém assumo que ando parada nesta área em minha vida e quero muito em 2015 ler pelo menos um livro por mês e vou fazer de tudo para conseguir isso!
A resenha de hoje assumo que já era para ter saído a meses, mas me enrolei tanto e até esqueci de fazer. E arrumando minha penteadeira está semana encontrei ele escondidinho e venho contar antes que fuja da minha mente novamente o que achei desta história de Hercule Poroit.




Resumo do livro: Poirot estava presente quando Jane, envaidecida, falara de seu plano para "livrar-se" do marido, de quem estava separada, mas não oficialmente, como ela desejava. Agora o homem estava morto. Mesmo assim, o grande detetive belga não podia deixar de sentir que alguém estava tentando iludi-lo. Afinal, como se explica que Jane tivesse esfaqueado Lord Edgware na biblioteca exatamente na hora em que era vista jantando com amigos? E qual seria o motivo agora, já que o aristocrata finalmente lhe dera o divórcio?




Sou viciada em Agatha Christie, desde que comprei um box nas Americanas anos atrás, e este box eram 3 livros sobre o grande detetive Hercule Poroit, me apaixonei no primeiro livro e toda vez que vejo algo desta série em promoção eu garanto logo, como foi com este.
A história me prende desde o primeiro parágrafo. Está em particular parece ser obvia, te leva a vários caminhos, te intriga e o fim é muito surpreendente e fantástico, lógico que vou deixa-los na curiosidade, para vocês lerem até o fim. A leitura por ser antiga pode parecer mas  não é difícil e conseguimos compreender facilmente. Agatha é para mim uma das foi e é uma das melhores e mais inteligentes em suspense, são os melhores livros do gênero que já li. 

E aí açucaradas, já querem ler?  

Beijos Açucarados!