18 junho 2021

Tão Doce Quanto Make: Uma Curva no Tempo!

Hello Açucaradas,



E encerrando o ciclo de livros que li, bem estou lendo mais um, porém me conheço e sei que não vou terminar até semana que vem, apesar que estou achando a história incrível, mas minha rotina é louca e as vezes falta tempo para viajar nas minhas leituras. 
A resenha de hoje uma amiga que me indicou esse livro, ela elogiou tanto que comecei a ler por ela, não conhecia e foi uma experiência nova e posso adiantar que amei a indicação, só ficava me perguntando como assim não conhecia esse livro, fiquei obcecada nele, que leitura intrigante e maravilhosa, você pensa é um livro de ficção científica? não, é um livro que te dá vários nós na cabeça, bem vou falar pouco para não da spoiler e entregar a resenha no segundo parágrafo. 



Sinopse do livro:


Às vésperas de saírem da cidade para a faculdade, Rachel Wiltshire e seus amigos sofreram um terrível acidente. Durante o jantar de despedida do grupo, um carro desgovernado atravessou a vidraça do restaurante onde estavam. Rachel escapou por pouco... Na verdade, ela deve sua vida a Jimmy, seu melhor amigo, que se sacrificou para salvá-la.

Cinco anos mais tarde, todos do grupo estão prestes a se reencontrar para o casamento de Sarah. Bem, quase todos. É com muita dificuldade que Rachel se convence a prestigiar a amiga, pois sabe que, para isso, terá de enfrentar os fantasmas do passado. Principalmente a culpa pela morte de Jimmy.

Com a vida destroçada, o rosto desfigurado por uma grande cicatriz e sofrendo de constantes dores de cabeça em decorrência do acidente, Rachel se obriga a encarar os fatos e vai ao cemitério visitar pela primeira vez o túmulo do amigo. Ao chegar lá, sua dor se intensifica a tal ponto que ela acaba desmaiando.

Quando acorda no hospital, Rachel fica surpresa: seu pai parece estar curado do câncer que o devastava, Jimmy está vivo e Matt – seu ex-namorado – alega ser seu noivo.

Sem entender o que lhe aconteceu, Rachel tenta convencer a todos de que nada daquilo pode ser real, mas os médicos apenas a diagnosticam com amnésia.

Desesperada por respostas, ­Rachel precisa primeiro decidir se vale a pena tentar voltar para a vida que conhecia e que, no fim das contas, era muito pior do que a que ela tem agora...



De início a personagem principal da raiva, sei lá eu entendo o lado dela, mas me machuca ver ela tão perdida e não aceitando ajuda, é bem complicado, mas o plot twist do livro me da mais raiva ainda, filha aproveita a segunda chance kkk. Demorei a me apegar no início, mas com a segunda para terceira parte do livro não conseguia parar de ler e refleti, sim ele ajuda muito a gente refletir em diversos aspectos, principalmente em família e amigos. 


O final, não posso contar mas é algo que me bugou e muito, mas entendi, vi diversas discussões na internet sobre, muita gente perdida e outras que não curtiram, mas entendi e foi dolorido, não cheguei a chorar mas me senti meio mal e perdida pós ele. A Rachel é um caso de amor, pena, ódio, o melhor amigo Jimmy é encantador e o Matt o verdadeiro macho tóxico, vale a leitura, é um romance mas zero meloso, não sei decifrar muito bem esse livro e onde encaixaria, mas posso dizer que vale a leitura.

Beijos Açucarados!

 

 

7 comentários:

  1. Eu lendo a sinopse do livro achei ele um pouco confuso. E mesmo sem ler o livro já fiquei com uma raivinha da personagem que não aceita ajuda, mesmo quando precisa. hehe
    Se eu resolver ler o livro, vou prometer ter a santa paciência com ela e entender o seu dilema diário, porque ler todos esses traumas que ela passou é até compreensível suas atitudes. Vou procurar em PDF e baixar o quanto antes.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  2. Interesting post my dear, thank you for sharing )  

    ResponderExcluir
  3. Oii, também achei a sinopse confusa rs, mas parece ser um livro interessante de lê-lo.
    Beijos!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  4. fiquei curiosa com o livro para perceber o fecho da história
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Amazing post! Thank you very much for your sharing. )

    ResponderExcluir
  6. Quando eu li esse livro, fiquei falando sobre ele semanas. É tão lindo e dolorido e tem toda confusão de você não saber o que está acontecendo e aquele final... Deu até vontade de reler para lembrar de tudo de novo rs
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir